DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA

A UFAM conta com diversos programas relacionados às áreas de ensino, pesquisa e extensão, onde o acadêmico, aos conhecê-los, tem a possibilidade de enriquecimento profissional.

 

Confira aqui os principais programas ofertados pela UFAM! 

 

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC

 

Com a finalidade de proporcionar treinamento de iniciação científica aos alunos de graduação com vocação para pesquisa, visando sua futura inserção na pós-graduação, a UFAM desenvolve com bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) desde 1988 o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC, recebendo também bolsas da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) a partir de 2003, o qual permite a convivência e aprendizado de alunos com pesquisadores e pós-graduandos nos grupos de pesquisa da UFAM cadastrados no Diretório do CNPq. Tal interação permite ao aluno/bolsista um melhor aproveitamento quando de seu ingresso em cursos de mestrado e doutorado e tem permitido atingir os objetivos principais do programa que são:

  • Contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa.
  • Contribuir de forma decisiva para reduzir o tempo médio de titulação de mestres e doutores.
  • Contribuir para que, na próxima década, diminuam as disparidades regionais na distribuição da competência científica no País.

Sendo os trabalhos produzidos julgados e avaliados no Congresso de Iniciação Científica da UFAM (CONIC).

 


Programa Institucional de 
Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico - PIBITI

 

A O programa tem como objetivo contribuir para a formação e inserção de estudantes em atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, na formação de recursos humanos que se dedicarão ao fortalecimento da capacidade inovadora das empresas no País e para a formação do cidadão pleno, com condições de participar de forma criativa e empreendedora na comunidade.

Os programas PIBIC e PIBITI são vinculados à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP). Confira no link resoluções a normatização destas atividades dentro do CNPq e da FAPEAM.

 

  

Programa Institucional de Bolsas de Extensão - PIBEX

 

O programa de bolsas de extensão, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Interiorização (PROEXTI) têm como objetivos, estimular os professores a se envolverem, juntamente com acadêmicos de graduação e pós-graduação, em ações de extensão da UFAM. Busca-se despertar o interesse pelo desenvolvimento de atividades comunitárias, mediante participação em projetos de extensão, qualificando e aprimorando o processo de formação acadêmica.

 

 

Programa de Atividade Curriculares de Extensão - PACE

  

As ACE's são ações extensionistas, curriculares e creditáveis, com o objetivo de intensificar o vínculo que une a UFAM com os demais segmentos da sociedade, de modo reflexivo e transformador, de modo a contribuir para a formação profissional através de uma conduta ética, cidadã e responsável diante das questões sociais. As experiências também podem ser publicadas e divulgadas em veículos específicos. O programa é vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Interiorização (PROEXTI).

 

 

Programa de Monitoria

 

O programa de monitoria tem por objetivo iniciar discentes dos cursos de graduação nas diversas tarefas que compõe a docência de nível superior. Não constitui, no entanto, um programa de substituição do docente titular em sala de aula. As tarefas referidas poderão incluir a orientação acadêmica, a elaboração, aplicação e correção de exercícios escolares, a participação em experiências laboratoriais, entre outras. O programa é vinculado à Pró-Reitoria de Graduação (PROEG).

 

 

OUTROS PROGRAMAS

 

 

Bolsa Trabalho

 

O Programa foi instituído por meio da Portaria Nº 387/2007 de 26 de fevereiro de 2007 e, alterado e consolidado pela Portaria Nº 598/2010 de 17 de março de 2010 com a finalidade de proporcionar auxílio financeiro aos alunos regularmente matriculados em curso de graduação dessa Universidade, principalmente aqueles em situação socioeconômica vulnerável. O programa é vinculado a Pró-Reitoria para Assuntos Comunitários (PROCOMUN).

 

 

Promes - Mobilidade Estudantil

 

Aprovado no dia 29 de abril de 2004 pela associação nacional de dirigentes de instituições federais de ensino superior – ANDIFES este programa tem por objetivo facilitar o intercâmbio de estudantes de universidades públicas brasileiras. Este programa permite que os alunos realizem, temporariamente, disciplinas de seu curso de graduação em uma outra instituição federal de ensino superior.

 

 

 Orientações Gerais

 

O candidato deverá:

  • Ter cursado com aprovação todas as disciplinas do primeiro ano letivo;
  • Não ter mais de uma reprovação por período letivo cursado;
  • Ter coeficiente de rendimento acadêmico igual ou superior a 5,0 (cinco);
  • Estar matriculado em disciplinas no semestre da solicitação de ingresso ao PROMES.

O candidato poderá:

  • Cursar até 12 (doze) disciplinas ou 48(quarenta e oito) créditos;
  • Ficar na qualidade de Aluno Visitante até 1 (um) ano letivo (2 (dois) semestres letivos, consecutivos ou não), podendo ser prorrogado e excepcionalmente por mais 1 (um) semestre letivo, após autorização de ambas as Instituições envolvidas.

 O programa é vinculado à Pró-Reitoria de Graduação (PROEG).